terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Redação - ENEM 2007

Tema: O Desafio de se Conviver com a Diferença

UTOPIA BRASILEIRA

O artigo 5º da Constituição Brasileira – “Dos Princípios Fundamentais” – diz que todo cidadão tem os mesmos direitos e deveres perante a lei, não importando se brancos ou negros, homens ou mulheres, pobres ou ricos. O que se vê atualmente, porém, é um completo desrespeito da Carta Magna de nosso país, tanto nesse quanto em outros aspectos.

Vivemos em um país multirracial – conceito totalmente obsoleto, frise-se, visto que termo “raça” não é o mais adequado para se determinar etnias – que exporta para o mundo a idéia de tolerância e convivência pacífica com as particularidades de seus habitantes. Na prática, entretanto, isso está longe de ser uma realidade. Diferenças existem e precisam ser, se não compreendidas, ao menos respeitadas – não me refiro apenas às diferenças de cor, mas, principalmente, às sociais, econômicas e culturais. A pluralidade é o que temos de melhor, mas, esbarrando no preconceito, torna-se um problema sério para o país.

Neste universo de diferenças mil, cabe a cada cidadão procurar conhecer o que tem, faz ou vive de singular, como forma de auto-conhecimento. Conhecendo-se melhor, a aceitação a pormenores alheios torna-se mais simples e proveitosa, visto que todo contato traz um aprendizado, que será absorvido e transmitido a todos que estiverem ao seu redor, difundindo idéias e pensamentos distintos que, por mais que sejam diferentes do seu, coexistem e precisam ser respeitados.

Segundo Oscar Wilde: “Todo crime é vulgar, assim como toda vulgaridade é criminosa”.

A intolerância é extremamente vulgar...

Jhonatas Silva Franco – ENEM 2007

26/08/2007



2 Digite aqui sua babaquice pessoal!:

Manuella Castro disse...

Todos diferentes...todos IGUAIS!
NÃO importa cor, raça, religião...todo mundo merece ser tratado bem!

*;

silvia disse...

Gostei muito deste texto. Acho muito bacana a diversidade racial e cultural do Brasil! Não tem nada mais bonito do que ver uma mulher branquela com um negão ou vice e versa! (risos)
Hoje em dia, o normal é ser diferente!
Aliás, só pra constar...texto muito bem escrito pra um aluno do ensino médio!
abraço